quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Mãozinha

 A um mês do primeiro aniversário de Amy, espero que ela não faça feio no dia em que cantarmos “Parabéns pra Você”, bata muitas palminhas e sorria para as câmaras, ou não vai ficar bem na foto. Embora ela, que não aguenta ver um interruptor de tomada, que já corre para apertar, ainda não tenha começado a andar, já está me dando uma mãozinha – uma só, não, duas – na hora de mamar, segurando a própria mamadeira, dando-me trabalho apenas para limpar a boquinha dela, principalmente quando ela fica brincando, deixando claro que está de barriguinha cheia. Agora, não preciso mais ficar esperando-a mamar para dar conta dos trabalhos de casa, como arrumar as camas, passar pano no chão (depois de varrido por mim mesmo, claro), deixar a pia da cozinha em pratos limpos, fazer comida, estender e passar roupas, e da empresa para a qual presto serviços, pois, se depender dela, daqui até ela começar a andar com as próprias pernas, eu só vou usar uniforme de cuidador de criança quando ela quiser comer papinha, trocar fralda, desarrumar tudo o que encontrar pelo caminho (mantenha meus livros e revistas longe dela), brincar e – chega por hoje! – dormir. Clap! Clap! Clap!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.